5 FILMES SOBRE ESPORTES

Ei, galerinha! Ainda no clima das Olimpíadas eu trago hoje para vocês cinco filmes sobre esportes, alguns são considerados até clássicos do cinema.
Eu não costumo estar ligada ao esporte, mas com as Olimpíadas do Rio é impossível não estar. O evento é grandioso e muitos países participam com muita garra e ânsia pela tão esperada medalha de ouro.
Então, vamos aos filmes!

Rocky
Talvez esse seja o filme esportivo mais conhecido mundialmente. São ao todo sete filmes protagonizados pelo personagem Rocky Balboa (Sylvester Stallone): Rocky 2 (1979), Rocky 3 (1982), Rocky 4 (1985), Rocky 5 (1990), Rocky Balboa (2006) e Creed (2015).

rocky-arms-l-poster

Icônica cena que já foi reproduzida em vários outros filmes/séries

O primeiro filme inicia a história de Rocky, um boxeador da Filadélfia que nunca teve chance no esporte e como única saída precisa exercer um trabalho paralelo como capanga de um agiota, mas que tem sua vida transformada ao receber do campeão peso-pesado Apollo Creed ou Apollo Doutrinador (no Brasil) a oportunidade de disputar o título máximo do boxe.

Rocky é apresentado como um pequeno boxeador e coletor para um agiota. A competição pelo campeonato mundial de peso pesado está marcada para o dia de Ano Novo, 1976, o ano do bicentenário dos Estados Unidos. Quando o oponente do invicto campeão de peso pesado Apollo Creed se machuca, Creed apresenta a ideia de lutar com um lutador local da Filadélfia, e porque ele gosta do apelido Rocky, The Italian Stallion (o garanhão italiano), ele escolhe esse lutador desconhecido.
Para se preparar para a luta, Rocky treina com o ex-lutador Mickey Goldmill, enquanto o seu melhor amigo, Paulie, um trabalhador de frigorífico, o deixa praticar socos nas carcaças penduradas no freezer. Durante o treino, Rocky sai em encontro com a irmã quieta do Paulie, Adrian. Na noite anterior à luta, Rocky confessa para Adrian que ele não espera derrotar Creed, e tudo que ele quer fazer é aguentar os 15 rounds contra ele (o número típico de rounds do boxe daquela época) Creed inicialmente não leva a luta a sério, mas Rocky inesperadamente derruba-o no primeiro round e a partida se torna intensa. A luta dura realmente 15 rounds, com cada lutador sofrendo grandes machucados. Depois da luta, Rocky chama por Adrian, que corre até o ringue. Enquanto Creed é anunciado como vencedor por uma decisão apertada, Adrian e Rocky se abraçam e declaram o amor um para o outro.
A história do filme foi criada originalmente em um curto espaço de tempo pelo próprio Sylvester Stallone. Foi inspirada em um momento em que o ator estava descrente de sua vida em Hollywood, após várias tentativas mal sucedidas de seguir sua carreira, com pouquíssimo dinheiro e morando em um pequeno quitinete junto com seu cachorro. A ideia veio quando o ator assistia a uma luta entre Muhammad Ali e Chuck Wepner.

Million Dollar Baby

menina-de-ouro-poster
Filme bastante conhecido também. Foi lançado em 2004, dirigido por Clint Eastwood, estrelado por ele mesmo, Hilary Swank e Morgan Freeman. O filme foi indicado ao Oscar em sete categorias, e foi premiado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor (Clint Eastwood), Melhor Atriz (Hilary Swank) e Melhor Ator Coadjuvante (Morgan Freeman).

582x0_1421858281

Clint Eastwood e Hilary Swank

A história fala sobre Frankie (Clint Eastwood), que estando afastado de sua filha revela uma grande dificuldade na aproximação com as demais pessoas e apenas lhe resta o amigo Scrap (Morgan Freeman), um ex-lutador de boxe que cuida do ginásio de Frankie. É então que entra em cena, em seu ginásio, Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), que sempre teve pouco da vida, mas que ao contrário de muitos, sabe bem o que quer e tem a determinação necessária para o alcançar. Ela deseja muito ser treinada por Frankie sabendo que ele é o melhor, e ele por sua vez nega a ajuda por não trabalhar em sua academia com mulheres. Mas ela é obstinada e insiste até que ele aceita treiná-la pensando que assim consiguirá tira-la de seu pé. Ele possui um propósito, depois que ela estiver pronta eles vão atrás de um empresário para inscrevê-la nas competições.
O filme é dramática, mas não é daqueles que você chora do início ao fim, possui algumas cenas cômicas também. Ele não é um dos meus filmes favoritos, mas contém uma história muito bem elaborada.

 

Invictus
Mais um filme dirigido por Clint Eastwood, e estrelado por Morgan Freeman e Matt Damon.

The Untitled Madela Project

Morgan Freeman e Matt Damon

A história é baseada no livro Playing the Enemy: Nelson Mandela and the Game That Made a Nation de John Carlin e na conquista da Copa do Mundo de Rugby de 1995 pela Seleção Sul-Africana de Rugby, organizada no país após o desmantelamento do apartheid. Freeman e Damon são, respectivamente, o presidente sul-africano Nelson Mandela e François Pienaar, o capitão da equipe de rugby union sul africano, os Springboks.

Quatro anos após cumprir sua pena de 27 anos na prisão, Mandela é eleito para ser o primeiro presidente negro da África do Sul. Sua presidência enfrenta enormes desafios na era pós-Apartheid, incluindo a pobreza galopante e o crime.

Ao atender a um jogo dos Springboks, a equipe do país da união do rugby, Mandela reconhece que os negros no estádio torcem contra seu time em casa, como o time de sua nação representa-se preconceito e apartheid em suas mentes. Ele observa que ele fez o mesmo enquanto estava preso em Robben Island. Sabendo que a África do Sul está pronta para sediar a Copa do Mundo de Rugby de 1995 no período de um ano, Mandela convence uma reunião do recém dominado por negros Comitê Sul-Africano de Esportes a apoiar os Springboks. Em seguida, ele se reúne com o capitão da equipe de rugby Springboks, François Pienaar (Matt Damon), e sugere que uma vitória dos Springboks na Copa do Mundo irá unir e inspirar a nação. Mandela também compartilha com Pienaar um poema, “Invictus”, que o inspirou durante seu tempo na prisão.

Invictus
Muitos sul-africanos, brancos e negros, duvidam que o rugby vai unir uma nação dilacerada por cerca de 50 anos de tensões raciais. As coisas começam a mudar à medida que os jogadores interagem com os moradores e começam a ter amizade com eles. Durante os jogos de abertura, o suporte para os Springboks começa a crescer entre a população não-branca. Os Springboks superam todas as expectativas e se qualificam para a partida final contra o Nova Zelândia All Blacks, time mais bem-sucedido de rugby no mundo. Apoiado por uma torcida grande de brancos e negros, Pienaar motiva sua equipe. Os Springboks vencem a partida faltando o último minuto de duração em um drop kick do meia Joel Stransky (Scott Eastwood), com um resultado de 15-12.

O filme foi recebido com críticas positivas, com destaque para Morgan Freeman e Matt Damon. Por sua interpretação, Freeman foi nomeado para um Oscar de Melhor Ator e Matt Damon foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

The Blind Side

É um filme de drama, baseado no livro The Blind Side: Evolution of a Game de Michael Lewis, com roteiro e direção de John Lee Hancock.

i047395_l
O filme conta a história de Michael “Big Mike” Oher, que tem vivido em um orfanato com famílias diferentes em Memphis, Tennessee. Toda vez que ele é colocado em uma nova casa, ele foge. O pai de seu amigo, em cujo sofá Michael foi dormir, pede para Burt Cotton, o treinador de Wingate Christian School, para ajudar a matricular seu filho e Michael. Impressionado com o tamanho e capacidade atlética do menino, Cotton fica e ele admiti-o apesar de um registro acadêmico insatisfatório. Michael faz amizade com um rapaz chamado Sean Jr. “SJ” Tuohy, que está intimidado por sua aparência. A mãe de SJ, Leigh Anne Tuohy, uma designer, começa a tomar conhecimento de Michael como um garoto solitário. Uma noite, Leigh Anne percebe Michael andando na estrada, tremendo de frio, e descobre que ele tem a intenção de passar a noite do lado de fora no ginásio da escola, já que não tem para onde ir. Apesar de seu marido ter receio, ela convida “Big Mike” para passar a noite em sua casa. Lentamente, Michael se torna um membro da família Tuohy, Leigh Anne lhe compra roupas, SJ ganha a sua confiança, e a filha adolescente Collins o ajuda a fazer amigos na escola. Quando Leigh Anne procura tornar-se guardiã legal de Michael, ela descobre que ele foi separado de sua mãe drogada quando ele tinha sete anos e que ninguém sabe seu paradeiro. Ela também vê que embora ele tenha marcado uma nota baixa em uma prova de aptidão profissional, ele tem 98% no quesito “instinto de proteção”, e depois de Michael salvar a vida de SJ em um acidente de carro (desviando o airbag com as próprias mãos), usa isso para melhorar drasticamente a sua performance no campo de futebol.

article-0-120a8870000005dc-270_468x291

Quinton Aaron e Sandra Bullock

Após um jogo em que o adversário o ofende, chamando de “lixo negro e gordo” e a arbitragem finge não ver, além de aplicar falta contra o time de “Big Mike”, o treinador se irrita, mas o jovem o acalma e consegue anular o adversário falastrão durante o resto da partida, incluindo um lance marcante no filme, quando Michael além de bloquear, carrega por várias jardas o adversário, e só para quando encontra a barreira de proteção no fim do campo. Com várias performances incríveis,surge uma oportunidade para Michael jogar no nível universitário e ele é procurado por um grande número de faculdades. Depois de enfrentar Leigh Anne sobre seus motivos para influenciá-lo, Michael vai encontrar sua mãe biológica no seu antigo bairro. Michael chega em Ole Miss, e o filme acaba com Leigh Anne contando que um rapaz de 21 anos (amigo de Michael) foi morto no dia do seu aniversário no bairro em que o jovem morava, e agradecendo à Deus e a Lawrence Taylor por não ter sido seu filho. Após isso a cena real do Draft da NFL de 2009 aparece, onde Michael Oher é escolhido na 23ª rodada pelo Baltimore Ravens.

Como mostrado na última frase, o filme é baseado numa história real.

Remember the Titans

remember-the-titans

O filme conta a história de Herman Boone (Denzel Washington), um técnico de futebol americano contratado para trabalhar no comando de um time universitário dividido pelo racismo no anos 70, os Titãs. A cidade cria cotas para negros trabalharem, pois já está sendo criticada pela opinião pública sobre o racismo exacerbado.
Logo de cara, Herman sofre preconceitos raciais por parte dos demais técnicos e até dos demais jogadores de seu time, mas, aos poucos, ele conquista o respeito de todos e torna-se um grande exemplo para o time e também para a pequena cidade em que vive.
A constante inquietação quanto a cor do treinador faz o antigo técnico Yoast não abandonar o time, pois os jogadores se recusavam jogar para Boone.

O filme levanta a questão do racismo e assim como os demais citados no post, ele mostra que o esporte une as pessoas e ajuda a romper as diferenças, sejam elas raciais, econômicas, entre outras.

Cada filme possui uma lição de vida diferente e são bastante interessantes, não só pela questão do esporte, mas também pela sua moral.

E vocês, já assistiram algum? Me contem aí!

Ariane.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s