Cinco vantagens de se tornar vegetariano

Oi pessoal, tudo bom com vocês? Hoje vou contar para vocês cinco vantagens de se tornar vegetariano, muita gente me pergunta pessoalmente o que acontece com o nosso organismo quando paramos de comer carne e agora vou explicar melhor para vocês entenderem.

vegetales_act

 

1- Doenças cardíacas são mais raras

Carne e doenças cardíacas estão relacionadas. Pensava-se que a gordura saturada da carne era a responsável por essa ligação. Porém, esta suposição foi oficialmente desmentida. Uma pesquisa recente descobriu que há algo, especificamente na carne, que poderia ser um fator de risco. Pesquisadores de Cleveland descobriram que a carnitina, um nutriente encontrado na carne, desencadeia uma reação de micróbios no intestino que contribui para o desenvolvimento de problemas cardíacos.

2- Menor risco de câncer de intestino

A Organização Mundial de Saúde, no ano passado, classificou as carnes vermelhas embutidas – bacon, salsichas, linguiça, etc. – como altamente cancerígenas. Carnes processadas tiveram a mesma classificação de álcool, amianto e cigarros em relação à “forte evidência” de ligação com o câncer de intestino. Acredita-se que a cor vermelha da carne, obtida pelo pigmento heme, pode danificar o revestimento do intestino. Um estudo dos EUA feito em 2015 concluía ainda que os vegetarianos tinham um risco 22% menor de desenvolver câncer colorretal, se comparados aos não-vegetarianos. Para os veganos, no entanto, a diminuição foi de 16%.

3- Afasta você do diabetes tipo 2

A proteína animal, especialmente as provenientes de carne vermelha e processadas, tem sido apontada em estudos como um fator que aumenta o risco de diabetes tipo 2. Por que a carne causaria a doença? Várias razões: gordura animal, ferro de origem animal e conservantes de nitrato em carne foram comprovados como danificadores das células pancreáticas, além de piorar a inflamação e causar ganho de peso. Além disso, uma dieta baseada em vegetais pode melhorar ou até mesmo reverter o diabetes, se você já tiver sido diagnosticada.

4- Vai melhorar a quantidade e a qualidade da proteína

Os onívoros dos Estados Unidos consomem, em média, mais do que 1,5 vezes a quantidade ideal de proteínas. Ao contrário do que a maioria pensa, este excesso de proteína não faz você mais forte ou mais magro, é armazenado como gordura ou transformado em resíduos. Por outro lado, a proteína que se encontra nos alimentos vegetais protege você de muitas doenças crônicas. Então você não precisa se preocupar com o excesso. Vai precisar, é claro, consultar um nutricionista para descobrir a quantidade mínima que você precisa para não deixar o seu organismo debilitado.

5- A imunidade fica mais forte

Os trilhões de micro-organismos que vivem em nosso corpo são chamados de microbioma. Cada vez mais, estes micro-organismos são reconhecidos como cruciais para a nossa saúde em geral: não só ajudam a digerir os alimentos, mas também produzem nutrientes necessários, treinam nosso sistema imunológico, mantêm o intestino saudável e nos protegem do câncer. Estudos também mostraram que eles desempenham um papel importante no controle de obesidade, diabetes, inflamação do intestino, doenças autoimunes e do fígado.

Espero que vocês tenham gostado e que esse post possa estimular vocês a mudar o estilo de vida nesse ano que se inicia.

Beijos e até a próxima

Cintia

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s