[Resenha] E Viveram Felizes Para Sempre – Julia Quinn

Ei Pessoas,

Tudo Certo com vocês?

Nós acompanhamos a história de cada um dos filhos de Violet ao longo de 8 livros, e alguns deixaram mistérios no ar mesmo após o final.  Por isso, nossa querida Julia, decidiu acrescentar um segundo final pra cada um deles. Não é demais!? Bora falar um pouco deles então?

Para quem não leu nenhum dos livros da família, sugiro que não continue lendo o post, porque vai ter spoiler! Rs

9788580416374

Sinopse

Alguns finais são apenas o começo…

Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos…

Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.

Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?

A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.

Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

O Que Eu Achei?

Fiquei em dúvida… falar no geral, ou falar sobre cada segundo epílogo? Resolvi então falar sobre os meus favoritos, e pelo final que eu fiquei esperando, mas o livro acabou e depois ela não foi citada em mais nenhum livro. Estou falando sobre a Posy, a irmã postiça de Sophie, nossa Cinderela.

  • O Duque e Eu

Como já havia falado antes, esse foi sem dúvidas o meu livro favorito de todos os irmãos e lógico que estaria aqui, porque também foi um dos finais que mais gostei. No final do livro, Simon resolve não ler as cartas que seu pai havia deixado para ele. No segundo epílogo, devido a uma situação que surge na família, Simon decide ler as cartas porque acha que assim pode descobrir uma solução para o problema em questão. Eu gostei muito do segundo epílogo deles, mas achei decepcionante o conteúdo das cartas, acho que sou muito otimista. Ah, tem uma bela de uma surpresa pros dois, e eu fiquei super feliz por eles.

  • Um Perfeito Cavalheiro

Como falei lá em cima, o livro da Sophie e Colin acabou e eu fiquei me perguntando, e a Posy? O que vai acontecer com ela? Será que vai aparecer em outro livro? O próximo livro veio, depois outro, depois outro e nada. No segundo epílogo, ela está de volta em uma visita a Sophie depois da temporada. Sophie planeja arrumar um pretendente pra ela, já que durante a temporada está difícil. Colin tem a brilhante ideia de apresenta-la ao vigário, que acabou de chegar a cidade. Será que essa armação vai dar certo? Fiquei super feliz por ela, porque ela merecia um final feliz tanto quanto Sophie, afinal, ela também era menosprezada por Araminta.

  • Para Sir Philip com Amor 

Coloquei esse aqui, por alguns motivos: um, porque queria ver um dos filhos de qualquer Bridgerton casando; dois, porque é lindo o sentimento que Amanda desenvolve por Eloise;  e três, está escrito em primeira pessoa. Quando o livro acaba, você percebe que tudo ficou nos eixos dentro da família Crane, era obvio que ali seria desenvolvido um amor materno entre Eloise e as crianças. Mas ver Amanda chamando Eloise de mãe, e vendo toda a consideração que ela tem por ela, é bonito. Rapidamente vemos Amanda se apaixonando, como é a atual relação dela com o pai, e como as coisas evoluíram. Fiquei mais do que feliz em ver esse final e muito satisfeita com todos os desfechos.

  • Um Beijo Inesquecível 

Todo mundo viu Hyacinth igual uma louca, fuçando todos os cantos possíveis da sua casa para encontrar as tais joias que ela nem sabia se eram reais. Vimos também que Isabella encontrou as joias e ficou de boca fechada. Alguns anos se passam e Isabella ouve os pais dentro do banheiro, tendo uma conversa muito estranha. Prestando um pouco mais de atenção, ela percebe que eles estão falando sobre as joias. E agora, será que Isabella vai entregar as joias para a mãe? Na verdade, ela faz algo muito mais legal… e você vai ter que ler para descobrir. Rs

  • O Florescer de Violet

Simm!!!! Nossa querida matriarca teve um espaço especial nesse livro, e eu fiquei muito feliz por ler um pouco sobre ela, sobre Edmund. O segundo epílogo começa quando Violet tinha apenas 8 anos de idade, e Edmund não era uma criança santa. Alguns anos depois eles se encontram em um baile, trocam algumas confidencias e 6 meses depois estão se casando! Vemos como foi sofrido para Violet perder Edmund, e aquele momento em que Hyacinth salva Violet da tristeza. Temos uma épica cena de ciumes dos filhos com Violet, só porque ela está dançando. E vemos que Violet mesmo sem o marido, é uma mulher feliz com seus 33 netos e 5 bisnetos.

Outros Comentários

 “Julia Quinn tem um toque inteligente e divertido.” – Time

“A melhor desde Georgette Heyer.” – Gloss

Outros Livros da Série

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s