[Resenha] Simplesmente o Paraíso – Julia Quinn

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês!?

Quando fiquei sabendo que a Julia lançaria um Spin-off sobre as Smythes-Smiths e que a arqueiro lançaria todos de uma vez num box, fiquei louca querendo o meu… E semana passada ele chegou. Normalmente não bato fotos dos meus livros, mas tive que tirar umas da caixa e do conteúdo.. Porque gente, é tudo muito lindo.. deem uma olhada.

image8

Eu fiquei super encantada com os marcadores de página, eles são de ímã e fiquei com muita pena de usar. Apesar de ter achado tudo muito lindo e de muito bom gosto, não gostei tanto do material da caixa e das capas dos livros. Os meus estão todos marcados e cheio de dedos.

Vamos ao livro então?

Simplesmente-o-Paraíso

SINOPSE

 Honoria Smythe-Smith sabe que, para ser uma violinista ruim, ainda precisa melhorar muito…

 Mesmo assim, nunca deixaria de se apresentar no concerto anual das Smythe-Smiths. Ela adora ensaiar com as três primas para manter essa tradição que já dura quase duas décadas entre as jovens solteiras da família. Além disso, de nada adiantaria se lamentar, então Honoria coloca um sorriso no rosto e se exibe no recital mais desafinado da Inglaterra, na esperança de que algum belo cavalheiro na plateia esteja em busca de uma esposa, não de uma musicista.

Marcus Holroyd foi encarregado de uma missão…

Porém não se sente tão confortável com a tarefa. Ao deixar o país, seu melhor amigo, Daniel, o fez prometer que vigiaria sua irmã Honoria, impedindo que a moça se casasse com pretendentes inadequados. O problema é que ninguém lhe parece bom o bastante para ela. Aos olhos de Marcus, um marido para Honoria precisaria conhecê-la bem (de preferência, desde a infância, como ele), saber do que ela gosta (doces de todo tipo) e o que a aflige (como a tristeza pelo exílio de Daniel, que ele também sente). Será que o homem ideal para Honoria é justamente o que sempre esteve ao seu lado afastando todo e qualquer pretendente?

Com seu estilo inteligente e divertido, Julia Quinn enfim apresenta ao público o Quarteto Smythe-Smith, o terrivelmente famoso e adoravelmente desafinado grupo musical que conquistou os leitores antes mesmo que as cortinas se abrissem para ele.

O QUE EU ACHEI!?

Gente, o que falar !? Só que eu levei 4 dias para ler os 4 livros? HAuahUHA Estava muito ansiosa pelo meu box, e quando ele chegou.. por mim valeria só pelo Kit que veio, tudo muito lindo. Com exceção da capa do 2º livro, amei todas as outras.

Como vimos na sinopse, Marcus e Honoria se conhecem desde pequenos. Quando Daniel é exilado do país, pede que Marcus fique de olho na irmã dele.

Honoria acha que Marcus está diferente durante a temporada dela, e desde que assumiu o titulo do pai se tornou uma pessoa fria. Logo mantem certa distância dele, até porque, na cabeça dela, ele desaprova suas atitudes.

Em uma visita no interior com algumas de suas amigas, Honoria fica numa propriedade vizinha a propriedade a de Marcus. Como Honoria quer se casar logo porque se sente sozinha, arma uma armadilha para Gregory Bridgerton (sim, para ele!), ela faz um falso buraco disfarçado para que ela “caia acidentalmente” e ele possa salva-la. Acontece que Marcus está observando tudo, inclusive ela treinando como deve “cair”. Marcus não aguenta e começa a rir alto da cena, Honoria acaba ouvindo e ele entregando sua posição. Tudo acontece muito rápido, mas... Honoria tropeça, Marcus tenta segurar…Só que ele é quem finca o pé no falso buraco e os dois acabam um por cima do outro.. Quase acontece um beijo entre eles, será? Marcus se levanta muito rápido e acaba fincando o pé novamente no tal buraco e dessa vez, machuca de verdade o tornozelo.

Honoria ajuda a levar Marcus até uma parte do caminho e depois avisa para que algum criado vá lá buscá-lo. No dia seguinte, Honoria quer ir visitá-lo, já que ambos pegaram chuva e ela quer saber como está o seu tornozelo. Durante a visita, Marcus aparenta estar gripado, mas nada que bons cuidados e repouso não sarem.

Honoria já retornou a Londres e se passaram alguns dias, quando recebe uma carta da governanta de Marcus, ele está entre a vida e a morte.

O restante da história, vocês sabem !? Vão ter que ler.. O livro é muito, muito bom. E como outros livros da Julia, tem aquela leitura gostosa de se fazer e que te prende até o final.

De todos os romances de Julia, eu queria muito uma história com amor de infância, não é bem isso que temos nesse livro, porém Marcus e Honoria se conhecem desde pequenos e possuem muitas histórias em comum. Por mim, teriam livros de todas as primas e primos Smythe-Smiths!

Espero que tenham gostado, até a próxima!

Andressa.

Anúncios

2 comentários sobre “[Resenha] Simplesmente o Paraíso – Julia Quinn

    • ndfutil disse:

      Acho a Júlia uma ótima escritora, e sabia que não iria me decepcionar com esses livros. Eu não consegui me conter, tive que ler todos um atrás do outro. Acabei terminando em 4 dias. Passou tão rápido! Rs Daqui a um tempo eu leio de novo.. e espero que a Júlia continue escrevendo, e a arqueiro trazendo os livros pra gente! Obg pelo comentário! Bjs Andressa

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s