[Resenha] Uma Noite Como Esta – Julia Quinn

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Hoje vamos de Uma Noite Como Esta, segundo livro da série Spin off dos irmãos Bridgertons. Se você não leu Simplesmente o Paraíso, e não gosta de ler spoiler.. melhor não continuar a ler o post.

download

SINOPSE

Anne Wynter pode não ser quem diz que é…

Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre.

Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo…

Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio.

O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.

O QUE EU ACHEI!?

Eu não deveria ser dessa forma, mas sim, eu julgo um livro pela capa! huaHSUAhs Eu amo ler livros, mas boa parte da minha paixão também está na capa. Quando eu olhei a capa desse livro, eu não curti muito. Mas não foi por isso que eu não gostei tanto do livro, foi por causa do conteúdo mesmo, juro!

Como o primeiro livro tinha sido muito bom, eu deixei de lado o fato de não gostar da capa…. e entrei de cabeça para ler.

Depois de Lady Sarah “passar mal”, Anne substitui a mesma de ultima hora no recital anual das Smythe-Smiths. Em uma das pausas do piano, Anne troca olhares com uma homem que ela não sabe quem é. Acredito que nesse momento ambos se apaixonaram, mas o que eles não sabem é que ela é a governanta das primas de Daniel, e ele um conde.  Assim que acaba de tocar, Anne foge o mais rápido possível daquela pessoa que olhava pra ela de forma tão intensa. Mas Daniel é mais rápido e acha Anne, num momento ele quer saber quem ela e no outro eles estão se beijando (rápido, não?).

Quando Anne percebe que alguém se aproxima, se esconde na primeira sala que encontra. Depois ouve uma briga, junto com gritos de uma mulher que ela acredita ser Honoria. Depois que a briga acaba, e as coisas permanecem silenciosas por um tempo, Anne sai e encontra Daniel e percebe que quem estava brigando era ele. Ao cuidar dos ferimentos de Daniel, eles conversam e ela descobre quem ele é. Mesmo sabendo que não deveria estar ali, a sós com um conde, ela permanece até que ele insiste em leva-lá até a casa da tia, e avisa que aparecerá no outro dia.

Mesmo ela tendo insistido que ele não aparecesse, lógico que Daniel aparece no outro dia para fazer companhia a governanta e as primas dele. Nesse passeio dá para perceber que ambos ficam ainda mais encantados um com o outro, e conhecemos um pouco melhor as primas dele, que são encantadoras!

Nesse livro entendemos melhor  o porque de Daniel ter sido “exilado” do país, e que mesmo com tudo o que aconteceu, a amizade de Daniel e Hugh continua. Descobrimos também que Anne esconde alguma coisa do seu passado, já que ela tem muito medo de se apaixonar por Daniel, além do fato de ela ser uma empregada e ele um conde.

Não sei porque, não é que eu não tenha gostado do livro, mas não amei. Eu esperava mais, o livro não me prendeu. E mesmo tendo lido em um só dia, eu parei várias vezes, e só terminei poque tive tempo e queria começar logo o terceiro. Acho que ficou repetitivo, não sei.

O que vocês acharam?

OUTROS COMENTÁRIOS

“Não há absolutamente nenhum autor de romances históricos melhor que a extraordinária Julia Quinn. Qualquer um que já tenha se emocionado com as histórias de amor de Lisa Kleypas vai adorar Uma noite como esta.” – Nora Roberts

“Romântico, engraçado e de derreter o coração. O segundo livro do Quarteto Smythe-Smith é simplesmente encantador.” – Lancashire Evening Post

Quarteto Smythe-Smith – Simplesmente o Paraíso – Livro 1

Espero que tenham gostado, até a próxima!

Andressa

Anúncios

2 comentários sobre “[Resenha] Uma Noite Como Esta – Julia Quinn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s