[RESENHA] UM ACORDO DE CAVALHEIROS – LUCY VARGAS

Ei Pessoas,

Tudo bem com vocês?

Bora de autora brasileira!?

download

SINOPSE

Um romance sensual e arrebatador repleto de intrigas, morte e desejo

Tristan Thorne, o Conde de Wintry, não é um homem para brincadeiras. Com uma vida de segredos, amado e odiado na sociedade, ele não é o parceiro ideal para uma dama. Dorothy Miller não sabe o que há por trás de suas motivações, apenas que ele é bastante intenso. Os jornais dizem que ele bebe demais, joga demais e ama escandalosamente. E até mata. Como uma dama determinada a ser dona do próprio destino como Dorothy Miller acaba em um acordo com um homem como Lorde Wintry? Você teria coragem de guardar um segredo com o maior terror dos salões londrinos? Lembre-se: Nunca faça acordos com ele, pois o conde sempre volta para cobrar.

O QUE EU ACHEI!?

Eu já comentei em outro post que sempre tive muito preconceito com escritores brasileiros, comprei Perdida sem saber que era e super amei o livro, a escrita, tudo. Dai nas minhas buscas por livro dei de cara com o Refúgio do Marques, da Lucy Vargas, resolvi dar aquela chance né, e o livro é maravilhoso (depois faço resenha aqui). Quando vi Um Acordo de Cavalheiros, não pensei duas vezes e comprei, e ai adivinha!? Foi nada do que eu esperava.

O livro já começa com Dorothy acordando despida, no quarto do pior libertino da época. Apesar de muito constrangida por ter se esquecido de tudo o que aconteceu, ela bate de frente com Tristan e tira tudo a limpo, e diz que aquilo jamais vai acontecer de novo. Tristan, lógico, fica encantado com aquela mulher de espirito tão virtuoso.

Dorothy é a solteirona bem Dayse dos Bridgertons, não quer se casar e faz questão de ser solteira. Dorothy na verdade já foi noiva uma vez, quando era jovem e descobriu que tudo que ela pensava ser amor, era só ilusão e terminou o noivado. Desde então, sua unica motivação foi ficar bem na sociedade para quando sua prima fosse debutar, poder ter as portas abertas em todos os eventos.

Tristan não é do tipo que desiste fácil, e após o acontecido entre ele e Dorothy, ela sai correndo do evento onde eles estavam, mas Tristan vai atrás dela, afinal, tinha uma proposta para lhe fazer.

Como Dorothy não possui mais sua inocência, mesmo sendo uma dama da sociedade, Tristan deseja que Dorothy seja sua amante, pelo menos pela temporada. A principio Dorothy parece que não vai aceitar, mesmo querendo muito concordar, e acaba fazendo o acordo.

Até então achei tudo interessante e um pouco diferente, já que já aconteceram propostas para amantes em outros livros que li, mas nunca eram para damas da sociedade. Só que como a gente sabe, sempre precisa de algum mistério a mais para dar aquela incrementada no livro e isso normalmente é muito bem vindo. Mas nesse livro, achei essa parte chata demais. Tristan foi criado por uma tia, bem avançada pro seu tempo, e apesar de terem dito que ela simplesmente morreu, Tristan sente que na verdade ela foi assassinada e quer vingança. Tiveram algumas paginas que eu até pulei e não li, e te digo que não senti falta de saber o que aconteceu nessas partes.

Tirando essas partes que pra mi foram chatas, o romance entre eles é legal e eu gostei, mas acho que vai ser bem esquecível pra mim e daqui um tempo não vou lembrar direito o que aconteceu.

Espero que tenham gostado,

Até a próxima!

Andressa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s