[RESENHA] JOGOS DO PRAZER – MADELINE HUNTER

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Continuando com a série dos Rothwells (que não tem tanto haver assim), hoje vamos do terceiro livro, partiu?

Jogos-do-prazer

SINOPSE

A bela Roselyn Longworth já aceitou seu destino. Depois que o irmão fraudou o banco em que era sócio e fugiu do país levando o dinheiro dos clientes, suas finanças ficaram arruinadas, assim como suas chances de conseguir um bom casamento.

Por isso foi fácil acreditar nas falsas promessas de amor de um visconde. Mas a desilusão não demorou a chegar: quando Rose não se sujeitou a seus caprichos na cama, o nobre se vingou leiloando-a durante uma festa em sua mansão.

Ela acredita que o destino lhe reserva um fim trágico. Ainda mais ao ser arrematada por Kyle Bradwell, um homem que venceu na vida pelo próprio esforço, mas não é bem-vindo nos círculos mais exclusivos.

Mas a jovem é surpreendida pela atitude dele, que a trata com um respeito e uma gentileza que ela não recebia desde antes do escândalo envolvendo o irmão. Quando Rose finalmente descobre o que está por trás do comportamento de Kyle, é tarde demais: já foi fisgada pelo homem que conhece seus segredos mais íntimos.

O QUE EU ACHEI!?

Depois de se iludir achando que Norbury estava apaixonada por ela, Rose descobre de uma maneira horrível que não era nada disso. Norbury leva Rose a uma festa no campo com seus amigos nobres, mas as acompanhantes eram prostitutas. Ao perceber o tipo de festa em que se encontrava quis ir embora, mas Norbury estava longe de terminar a humilhação contra Rose. Num rompante de raiva, ele decide fazer um leilão entre os ali presentes para poder passar a noite com ela.

Mesmo não sendo um nobre de sangue azul, Kyle aparentemente era o único cavalheiro. Ele dá um lance alto e consegue tirar Rose daquela situação e leva-lá para à casa da família em segurança. Mas a reputação de Rose já está arruinada e ela não vai mais poder ter contato com a irmã e a prima. Assim Christian faz uma proposta a Kyle, ele deve se casar com Rose para salva-la da desgraça.

Depois do casamento eles ficaram com alguns obstáculos,  são de mundos diferentes, Timothy também roubou de Kyle e o pior de tudo, Norbury, inimigo declarado de Kyle.

Eu não lembro detalhes do livro de Christian, então por enquanto esse foi o melhor dos 3. Acho que a forma como Kyle salva Rose, mesmo tendo seus interesses nela, é muito bonito. A forma como eles vão se conhecendo e aprendendo a gostar de quem eles são realmente é bem legal, tem toda uma história por trás, mas tudo gira em torno deles, só neles e os problemas que estão ligados diretamente a eles. Acho que a simplicidade de Kyle faz toda a diferença.

 

Espero que tenham gostado, até a próxima!

 

Andressa.

 

Anúncios