[RESENHA] CILADA PARA UM MARQUÊS – SARAH MACLEAN

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Depois de um tempo sem ler meu gênero literário favorito, hoje começo uma série nova e que infelizmente não está toda lançada. Ansiosa para ler o próximo livro e para que outros sejam lançados logo!

download

 

SINOPSE

“De todas as bobagens incríveis que ele já tinha visto as mulheres fazendo ao longo de sua vida, aquela era, sem dúvida, a pior.” Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares. Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela. No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço. O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada? Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam…

O QUE EU ACHEI!?

Sophie faz parte das irmãs que são denominadas “irmãs perigosas”, uma vez que uma delas aparentemente armou uma cilada para se casar com um duque. Apesar de suas irmãs e de sua mãe amarem o mundo da aristocracia, Sophie não se sente assim tão a vontade. Elas são filhas de um trabalhador e que adquiriu o titulo de conde em uma mesa de apostas. Isso faz com que elas sejam tratadas da mesma forma como um americano era recebido no meio deles.

Em um evento Sophie flagra o marido da irmã grávida com outra mulher e não se contém já que sua irmã não se defende. Num ataque de fúria ela joga o duque em um tanque com os peixes estimados da anfitriã. Imediatamente é ignorada pela sociedade e ela resolve fugir, por não aguentar mais essa vida. Enquanto pensa numa solução para seus problemas o Marquês de Eversley cruza seu caminho e ela imediatamente acha que ele é a solução para seus prolemas.  Sophie é uma mulher obstinada em seus objetivos apesar de se sentir insegura em relação a ela mesmo. Ela não desiste fácil de suas ideias.

Rei é o famoso libertino que não está nem ai para o que pensam sobre ele, na verdade ele faz questão de arruinar noivados por Londres. Quando foge de um encontro amoroso por uma treliça, Rei da de cara com com Sophie, que faz uma proposta para ele. Se ele a tirar do evento, ela devolve sua bota. Como ele não liga mesmo, da as costas a Sophie mesmo sem um par de botas. Rei não é um brutamontes, mas também não é um cavalheiro.

Depois que Sophie resolve se vestir de criado para fugir na carruagem de Rei, é uma confusão atrás da outra. Achei original a forma como eles se aproximam, mas como sempre eles possuem seus segredos. Mas não segredos que são exatamente escondidos da gente, então, prefiro assim. rs Eu gosto bastante dos livros da Sarah, apesar que tiveram dois que não foram tão legais assim de ler, mas o que são bons, são realmente bons! Esse é um deles e não tenho nada para reclamar.

 

Espero que tenham gostado, até o próximo!

Andressa.

 

Anúncios

[RESENHA] O AR QUE ELE RESPIRA – BRITTAINY C. CHERRY

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Ao mesmo tempo em que queria comprar o livro de hoje, relutei um pouco em pegar ele, não gostei tanto assim da sinopse, mas bora descobrir o que eu achei?

download

SINOPSE

O novo romance da autora de Sr. Daniels Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.

O QUE EU ACHEI!?

Assim que resolve voltar para sua cidade após um ano de luto pela perda do marido, Elizabeth já cruza o seu caminho com Tristan. Sem querer, Lizzie atropela Zeus e esse encontro não é nada agradável, Tristan é um ogro e trata ela super mal. Depois de levar os dois numa clinica veterinária, Lizzie espera por noticias de Zeus. Quando o veterinário diz que ele vai ficar bem, Tristan desaba e começa a chorar. Naquele momento acho que ela percebe quem ele realmente é.

Os encontros seguintes entre Tristan e Lizzie não são nada agradáveis, sempre cheio de grosserias da parte dele, até que um dia ele simplesmente a beija e as coisas começam a mudar. Aos pouco as grosserias vão diminuindo e a “amizade” ficando maior, mas a química entre eles é esquisita e quando Lizzie descobre que Tristan também perdeu uma esposa e além disso um filho, ela sabe que ninguém mais vai entender a dor dela como ele.

Eles acabam usando um ao outro para poder relembrar das pessoas que perderam, mas será que isso é certo? E eles percebem isso e resolvem que querem se envolver de verdade sendo Tristan e Lizzie. Mas será que isso vai dar certo?

Confesso, apesar da dúvida em relação a sinopse fiquei bem animada quando li uma resenha que o livro era bem realista e pé no chão. Então eu comprei, estava lendo e estava gostando bastante. Mas no final, não, eu não acho que aquilo seja uma realidade. é possível de acontecer, sim, com certeza, nós não estamos dentro da cabeça das pessoas. Mas eu nunca vi nenhuma história parecida nas reportagens da vida, e você, já viu? (Se sim, me conta nos comentários) Fora essa parte que eu achei muiiiitooo forçadO, o final é lindo, acredito que superação existe. Esse livro não vai ficar no topo dos livros que eu já li, mas só por causa do casal, também não entra para os piores.

E você ? Achou o que?

Me conta ai!

Andressa.

 

[RESENHA] UM CASO PERDIDO – COLLEEN HOOVER

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Normalmente quando leio livros de romance adolescente não faço resenha porque acho eles muito parecidos, talvez seja porque não leia tantos assim. Enfim, acabo de ler um que além de ter sido uma “História Nova” conseguiu me fazer chorar.

download

SINOPSE

Às vezes, descobrir a verdade pode deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras Sky nunca sentiu verdadeira atração por nenhum dos muitos garotos com quem esteve. Após anos estudando em casa convence sua mãe a fazer o último ano letivo na escola. É quando conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.

O QUE EU ACHEI!?

Sky não é exatamente uma adolescente normal, quando ela começa a falar que fica com muitos garotos (inclusive levando eles até seu quarto) e que tem uma melhor amiga, da pra pensar que é normal. Mas livro continua, e ai a gente é pego de surpresa com uma mão que não permite que ela tenha contato com a tecnologia. Sky não tem acesso a internet, não tem um celular e nem uma mísera TV em casa. E ah, ela também estuda em casa, isso tudo é um pouco estranho mas fica de lado quando você começa a se envolver com a segunda parte da história.

Sky conhece Holder em uma situação completamente estranha quando ele pensa que ela é outra pessoa. Confesso que eu ficaria com medo dele, mas ela fica totalmente confusas com seus sentimentos, sente medo e atração ao mesmo tempo. Quanto ele mostra um temperamento bem exagerado e surgem algumas fofocas sobre ele, pensei, lá vem mas um livro da menina recatada apaixonada pelo bad boy. Eu gosto dessa escritora, ela sempre consegue aprofundar as coisas, e com esse livro não foi diferente.

Depois da “segunda fase” do livro, eu só me surpreendi mais e mais a cada capítulo, da para desconfiar o que realmente aconteceu, mas quando a gente lê, eu não esperava pelos detalhes que são dados sem detalhar demais e fiquei desestabilizada. Nunca chorei lendo um livro como aconteceu com esse, já tinha ficado emocionada, mas chorar? Não, e não foi só uma vez, foram várias.

Foram quase 600 páginas e eu não senti isso, tão bem contado e sem nada para encher linguiça. Acho que tudo foi necessário para que eu me pudesse sentir tão próxima da personagem.

Espero que gostem,

até o próximo!

Andressa.

[RESENHA] UM DE NÓS ESTÁ MENTINDO – KAREN M. MCMANUS

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Bora continuar investigando a vida dos outros?

download

 

SINOPSE

Numa tarde de segunda-feira, cinco estudantes do colégio Bayview entram na sala de detenção: Bronwyn, a gênia, comprometida a estudar em Yale, nunca quebra as regras.
Addy, a bela, a perfeita definição da princesa do baile de primavera.
Nate, o criminoso, já em liberdade condicional por tráfico de drogas.
Cooper, o atleta, astro do time de beisebol.
E Simon, o pária, criador do mais famoso app de fofocas da escola. Só que Simon não consegue ir embora. Antes do fim da detenção, ele está morto. E, de acordo com os investigadores, a sua morte não foi acidental. Na segunda, ele morreu. Mas na terça, planejava postar fofocas bem quentes sobre os companheiros de detenção. O que faz os quatro serem suspeitos do seu assassinato. Ou são eles as vítimas perfeitas de um assassino que continua à solta?
Todo mundo tem segredos, certo? O que realmente importa é até onde você iria para proteger os seus.

O QUE EU ACHEI!?

Geeenteeee, o que falar desse livro? Que eu estou vidrada? Que matei minha vontade de ler algo que realmente me intrigasse e que eu não conseguisse desligar até terminar de ler? Que é foda demais!? São tantas opções!

No Colegial vemos que 5 estudantes ficam presos na detenção após a aula, todos sabem quem cada um é. Tem a nerd, a namorada do atleta mais popular da escola, um atleta, um caso perdido (aquele que não ta nem ai pra nada) e o fofoqueiro (dono de um aplicativo super em alta, afinal, quem não quer saber os podres dos outros?). Todos foram parar ali por um celular que apareceu na mochila de cada e que todos dizem não ser os donos dos mesmos. Um acidente de carro de pátio da escola tira atenção de todos, depois, simplesmente Simon (fofoqueiro) começa a passar mal, não consegue respirar. Todos tentam ajudar de alguma forma, mas nada mais pode ser feito, Simon falece no hospital.

Para a policia todos são suspeitos e na verdade todos eles escondem um segredo, seria um deles o assassino?

Fiquei tensa até o momento em que eu imaginei o que tivesse acontecido, mas mesmo tendo descoberto cedo demais, continuei presa, porque eu tinha que ir até o final. Será que era aquilo mesmo? Por que aquilo aconteceu?

Valeu muito o dinheiro gasto nesse livro, super bem escrito. As vezes ficava detalhando uma casa aqui e ali, mas nada que usasse uma pagina inteira, então nem levo em conta isso. Achei o final muito bom e mesmo tendo acertado o que tinha acontecido, ainda teve uma pessoa que me surpreendeu.

Queria continuação só para saber da vida após o assassinato de Simon!

E você, achou o que? Ficou vidrado igual a mim?

Até o próximo,

Andressa.

 

 

[RESENHA] O CASAL QUE MORA AO LADO – SHARI LAPENA

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Hoje fugindo um pouco dos livros de romance de época, bora de suspense policial? Vi algumas resenhas desse livro falando super bem e achei a resenha muito boa, mas será que eu gostei?

Baixar-Livro-O-Casal-que-Mora-ao-lado-Shari-Lapena-em-Pdf-ePub-e-Mobi-ou-ler-online

SINOPSE

É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando. Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

O QUE EU ACHEI!?

Quando li a sinopse imaginei que o livro fosse ser uma coisa, quando vi que estava indo por outro caminho ainda estava gostando da leitura, ainda estava tentando  pensar no que podia ter acontecido. Quando chega na metade eles entregaram tudo pra mim, eu já sabia o que tinha acontecido, só não o porque. Depois disso ficou um pouco chato pra mim, mas fui até o final pra ter certeza de que estava certa.

Logo no começo do livro é visível que Marco e Anne estão tendo problemas conjugais, com o sumiço da filha eles tentam deixar isso de lado, mas fica difícil quando algumas coisas vão se revelando e a policia fica “jogando” um contra o outro, será que eles poderiam estar envolvidos no sequestro de Cora? Eu fiquei tensa? fiquei… mas só até a metade do livro. E ah, o final? O que foi aquele final? Ainda estou dúvida se foi bom ou não ter terminado daquele jeito. No começo achei ruim, mas agora estou em dúvida.

Sabe quando você assiste um filme e avalia ele como filme sessão da tarde? Assim que me senti com esse livro, é daqueles que é pra você ler quando todos os seus livros novos acabaram. Ruim não é, mas eu esperava bem mais.

Espero que tenham gostado, até o próximo!!

Andressa.

[RESENHA] ONZE LEIS A CUMPRIR NA HORA DE SEDUZIR – SARAH MACLEAN

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Continuando com a série Os Números do Amor, hoje temos o terceiro e ultimo livro. Me pergunto como eu tinha me esquecido, mas lá na série do O Clube dos Canalhas, Penélope foi abandona por Simon após ter anunciado o noivado! Tadinha, mas ai a gente entende os motivos de Simon e vamos ser sinceras, ela encontrou uma pessoa bem melhor pra ela.

download

SINOPSE

Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.

Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.

O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.

O QUE EU ACHEI?

Ai gente, sei lá, se eu falar só que foi uma decepção fica bom? Rs.

Comecei a ler i livro super empolgada né, afinal, Juliana e Simon já tinham tido o primeiro encontro deles no primeiro livro e foi fofo! No segundo encontro, quando Juliana comparece ao primeiro baile dela, Simon e mãe dele fazem bullying com ela e Callie defende. Ai você pensa o que? Vamos ver como ele vai superar todo esse ranço que ele sente por pessoas que não pertencem a aristocracia. Não que o livro não seja isso, lógico que é, porque se não, como eles ficariam juntos no final?

As primeiras páginas são ótimas! No primeiro encontro deles nesse livro, ele demonstra todo essa indiferença que foi criado para sentir de pessoas como ela. E ai vão tendo umas passagens de quando eles se conheceram e ele se encantou por ela, e como ela conseguiu não dizer quem era para ele, pois isso estragaria tudo. Depois que ele descobre quem é Juliana de verdade, passa a trata-la super mal e jogar na cara dela toda hora que ela um escândalo ambulante e ela na dele que ele era um cara frio e impassível. Até ai eu estava gostando, mas eis que Juliana faz uma aposta com Simon, ela quer duas semanas para provar que fazer as coisas com paixão é muito melhor. Sério?! Achei forçada essa “aposta” e uma pouco desnecessária. Não sei se a escritora queria fazer algo diferente de alguns livros que eu mesmo tenho em casa, tem resenha até aqui no blog. O homem é o exemplo da aristocracia e a mulher tudo que a dama não deve fazer. Dai, pra dizer que tem algo a mais na historia, enfiou a tal da aposta. Não seria melhor o casal que se apaixona perdidamente mesmo sendo tão diferentes e que não conseguem ficar longe um do outro? Me esforcei pra terminar de ler, não aguentava mais e parecia que o livro nunca acabava.

O que mais gostei desse livro? Penélope, sem sombra de dúvidas e ela nem aparece muito. Se quiser ler resenha do livro dela, só clicar no link abaixo.

Entre o Amor e a Vingança

OUTROS COMENTÁRIOS

“Ótimo livro! Amei. Que cenas arrebatadoras! Fantástico!” – Eloisa James, autora de Quando a Bela domou a Fera

“Um absoluto deleite: espirituoso, inteligente, com personagens maravilhosamente sedutores.” – Booklist

OUTROS LIVROS DA SÉRIE

Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar

Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter

Espero que tenham gostado,

Até a próxima!

Andressa.

[RESENHA] DEZ FORMAS DE FAZER UM CORAÇÃO SE DERRETER – SARAH MACLEAN

Ei Pessoas,

Tudo bem com vocês?

Continuando com Os Números do Amor, hoje vamos do segundo livro da série. Ah, eu falei que só o ultimo livro dessa série teria ligação com o 4º do O clube dos Canalhas, mas esse também tem, muito!

9788580415292

SINOPSE

Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.

Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.

Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.

Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.

O QUE EU ACHEI!?

Bem diferente do primeiro, nesse livro temos Nick que parece ter receio do amor, não igual ao irmão que preferia não acreditar por causa do abandono de sua mãe. Porém, esse receio de Nick não deixa de ser uma consequência dos atos dela. Logo no começo do livro vemos Nick com seu melhor amigo, Rock e seu irmão rindo e zoando de sua cara devido a uma matéria que saiu em um revista, Nick era mencionado com o Lorde mais desejado e disponível dos últimos tempos. Isso causa uma euforia entre as mulheres que os cercam por todos os lados, e todos os tipos de mulheres. Com sua impaciência já em nível máximo, ele diz até que pretende sair de Londres por causa do assedio. Até que o Duque de Leighton aparece e faz um pedido a Nick, que ele procure sua irmã que fugiu de casa. Percebemos ali uma tensão no ar, ele era a pessoa certo para o serviço, mas alguma coisa aconteceu no passado de Nick que o fez desistir de ser o bulan (caçador). Como foi um amigo que pediu, ele diz que vai trazer a irmã de Simon de volta.

Assim que chega a cidade que Georgiana foi vista pela ultima vez, Nick cruza e salva a vida de uma mulher um tanto peculiar.

No primeiro momento Isabel achou que aquele encontro com Nick tinha caído do céu, e que ela estava no lugar certo e na hora certa. Era exatamente pra ele quem ela enviaria uma carta, precisava que ele avaliasse umas esculturas para ela. Nick fica totalmente intrigado com ela e a cada encontro mais ainda, porque sim, ela é cheia de excentricidades e segredos também. Isabel é o tipo de mulher forte que segura as pontas da forma como pode, seja tendo que consertar um telhado ela mesma ou batalhando para manter sua casa. Eu entendo um pouco do receio dela, ser apostada pelo pai mais de uma vez, ter sido abandonada pelo mesmo para criar do irmão pequeno, ter uma mãe que a culpa pela partida do pai… são fardos pesados para se carregar de tão nova.

Existe um segredo em sua casa, e depois de ter ficado preso em Thousand Park por causa de uma tempestade, Nick tenta arrancar esse segredo a todo custo de Isabel, mas ela é difícil e não sede, ele também está escondendo o real motivo de estar ali, naquela cidade. Então mais uma vez, não acho que ela está assim tão errada em não confiar. Apesar de todas as desconfianças, a atração e crescente entre eles. Será que esse romance pode dar certo?

Esse livro ao meu ver, é muito melhor que o primeiro. Eu me envolvi mais, torci mais e fiquei super tensa no final. O que será que iria acontecer com os dois? A gente sabe que no final tudo fica certo, mas é difícil ver um dos personagens sofrer. Ansiosa pela próximo, estou indo para ele assim que terminar de escrever aqui.

OUTROS COMENTÁRIOS

“Uma história arrebatadora, sensual e comovente, que não deixa nada a dever ao primeiro livro. Os personagens nos conquistam e o ritmo perfeito da trama, junto com os diálogos magistrais, multiplica o prazer.” – Romantic Times Book Reviews

“Inteligentes e românticos, os livros deSarah MacLean contêm a simplicidade e o prazer absoluto que só escritores experientes são capazes de proporcionar.É maravilhoso imaginar as histórias que essa talentosa autora ainda vai criar.” – New York Journal of Books

Primeiro Livro da Série – 9 Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar

Espero que tenham gostado,

Até o livro de Juliana!

Andressa.

[RESENHA] 9 REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR – SARAH MACLEAN

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês?

Bora começar um série nova? De romance de época, lógicoooo!!

Esse foi mais um livro que comprei porque amei a capa. Nunca tinha lido nenhum livro dessa autora, e depois de conhecer a escrita dela nesse livro, acabei comprando uma outra série da mesma, que já tem resenha aqui no Blog –  O clube dos Canalhas, que por um acaso o ultimo livro é ligado ao ultimo livro dessa série que vou começar hoje. Então se você ainda não leu o ultimo dessa, não leia o ultimo da outra.

Capa nove regras a ignorar_19mm.indd

SINOPSE

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.

E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.

Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.

Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

O QUE EU ACHEI!?

Normalmente ou vemos um duelo, ou alguma aposta, ou damas ousadas que invadem quartos de cavalheiros no meio da noite ou algo do tipo que são clichês nesse tipo de livro, mas nesse não só encontramos um pouco do que citei acima, além de outras coisas como uma lista com 9 atividades que nenhuma dama da sociedade deveria fazer!

Quem é Callie, ou Calpúrnia ? Dez anos depois de realizar o seu primeiro debut, Callie virou um solteirona em pleno 28 anos de idade (o que na minha cabeça é inconcebível), após uma conversa com o seu irmão e cansada de ser o modelo perfeito de uma dama da sociedade, Callie decide que é hora de se aventurar e realizar as coisas que sempre desejou fazer. Ai você pensa, ela vai afiar a língua e bater de frente com toda aquela chatice da sociedade? Não, ela faz uma lista com 9 atividade como, ser beijada apaixonadamente e entrar num clube masculino para praticar esgrima. No embalo da lista depois de ter tomado uns copos de vinho, eis que Callie decide que também é hora de realizar o primeiro item da lista. E vai até a casa da pessoa por quem ela sempre teve uma ligeira paixão.

Quem é Gabriel? Irmão mais velho, se tornou Marques por 4 minutos de diferença. Sim, ele tem um irmão gêmeo, Nick! Ambos foram abandonados pela mãe ainda pequenos, assim viram o pai definhar até morrer após o abandono. Com isso, Gabriel cria uma barreira em seu coração contra o amor, para ele não passa de uma fantasia e uma ilusão para aqueles que são tontos o suficiente para acreditar. Após o surgimento de uma irmã que também foi abandonada pela mãe, os irmão decidem que precisam de uma pessoa respeitável para poder tutelar a irmã nessa nova jornada de sua vida, já que a sociedade pode ser bem inflexível com ela, uma “bastarda”. Eis que após terminar com sua amante, para que sua reputação não prejudique ainda mais a apresentação de sua irmã, o mesmo pensa que foi ela quem apareceu durante a madrugada em seu quarto. Para sua extrema surpresa, foi uma dama da sociedade, das mais respeitadas – Callie. Ela surge ali em seu quarto com um pedido inusitado, deseja ser beijada pela primeira vez. Gabriel aceita prontamente, mas tem uma proposta pra ela, deseja que Callie seja a tutora de sua irmã para a apresentação dela.

Callie se põe em várias situação em que com certeza se fosse descoberta, seria totalmente desonrada. Gabriel está sempre por perto, vigiando seus passos de Callie e protegendo de certa forma. Será que não seria ele o perigo?

Comecei a ler ontem e não tive como parar até acabar, são tantas coisas, algumas clichês, lógico, mas pra quem ama esses tipos de livro, não importa tanto assim.

OUTROS COMENTÁRIOS

“Sarah MacLean é inteligente, sexy e sempre romântica.” – Julia Quinn, autora da série Os Bridgertons

“Divertido, perspicaz, feminista e fogosamente apimentado.” – BookRiot.com

 

Espero que tenham gostado,

até o próximo livro!

 

Andressa.

 

A SELEÇÃO [KIERA CASS] – ENTENDA UM POUCO DO UNIVERSO

Ei Pessoas,

Tudo bem com vocês?

Eu estava fazendo os posts sobre os livros da Kiera, e decidi colocar um pouco do que eu tinha entendido do que era Illéa dentro da resenha, mas como estava ficando imenso, então resolvi fazer um post só sobre isso, bora lá conhecer minhas teorias e meus achometros!?

conheça-a-série-de-livros-a-seleção-kiera-cass-sobre-sagas-2013-capa-livros2

Quando li o livro a primeira vez, tudo o que realmente me interessou foi o romance, mas dessa vez reli tentando pegar alguns fatos para poder tentar entender como Illéa se formou, e o que era-o-que antes de tudo ter acontecido. Tentei buscar informações para conferir minhas teorias, mas não encontrei nada. Talvez eu que não saiba fazer a pesquisa, sei lá, não tenho muita paciência também. Vou colocar as informações em tópicos e de acordo com a ordem dos livros.

Alerta de Spoiler: Irei colocar a anotação que fiz dos 3 livros, então, se você ainda não leu todos, com exceção de A Herdeira e A Coroa, pode ser que tenha alguma informação que você teria no 3º livro por exemplo.

Mapa de Illéa (Acredito que seja a América do Norte e América Central)

3d35e90f12fa68f8cd923832f8c4135d

Antes das anotações, as divisões das castas…

A história de América e Maxon se passa no futuro, onde temos uma monarquia em que a sociedade é divida em castas. As castas definem a profissão e o status social de cada um, e relacionamentos entre pessoas de níveis diferentes não são bem vistos. É obrigatório que todos trabalhem, sendo que as pessoas devem escolher entre as profissões disponíveis em sua casta. A pessoa recebe sua casta como uma herança de família e só é possível mudar de casta por três maneiras.

– Casamento: assim que casa, a mulher passa a ser da casta do marido, independente de ser uma casta mais alta ou inferior. Para que isso aconteça, deve se passar por muita burocracia, justamente para atrapalhar esses casamentos entre castas;
– Recrutamento: ao completar 19 anos qualquer homem pode se eleger para a guarda real, independente da casta. Quando é escolhido, o recrutado torna-se automaticamente um Dois, assim, receberá treinamento e pensão para o resto da vida;
– Pagar para se tornar de uma casta mais alta: existe a possibilidade de se pagar para mudar de casta, mas é complicado, umas vez que é caro e quase ninguém consegue juntar o dinheiro necessário.  A única casta que não se consegue alcançar por meio da compra é a Um, porque não se pode comprar um título da nobreza.

As castas, finalmente…

Um: realeza e clero;
Dois: a elite, celebridades (músicos, modelos, atletas profissionais, atores, modelos), políticos e oficiais (soldados, policiais, bombeiros ou guardas recrutados);
Três: professores, filósofos, escritores, cientistas, médicos, veterinários, dentistas, arquitetos, bibliotecários, engenheiros, psicólogos, cineastas, produtores musicais e advogados;
Quatro: fazendeiros, joalheiros, corretores de imóveis e de seguros, chefes de cozinha, mestres de obras, proprietários e donos de restaurantes, lojas e hotéis;
Cinco: artistas não famosos, músicos, cantores eruditos, atores, dançarinos;
Seis: secretários, serventes, governantas, costureiras, balconistas, cozinheiros, motoristas;
Sete: jardineiros, pedreiros, lavradores, pessoas que limpam calhas e piscinas e trabalhadores braçais;
Oito: pessoas com deficiência (principalmente as desamparadas), viciados, fugitivos, indigentes, mendigos, pedintes, sem-tetos e pessoas à margem da sociedade.

Agora, minhas anotações:

 – A primeira evidência que encontrei que Illéa era mais de uma país, foi porque América coloca na ficha de inscrição que fala as 3 línguas faladas em seu país (até etão não tinha visto o mapa): Inglês, francês e espanhol;

– De acordo com um livro velho que o pai de América tinha, ela percebe que eles tinham uns feriados que não existem mais, como Halloween (que América não imagina o que seja) e ação de graças, permanecendo só o Natal no final do ano.

– Illéa fez um acordo com a China para que a “metade do mundo deles” comemorem a virada do ano de acordo com o calendário da China, o que a gente sabe, não é igual ao nosso, e pode variar de acordo com as crença deles;

– Alguns dos Reis que Illéa teve eram americanos ou canadenses;

– Eles possuem tecnologia, mas acredito que muita coisa deve ter sido destruída durante as guerras e não recuperado totalmente. Ex: TVs (não sei se todas as castas tem acesso, mas acredito que a família da América só assiste o jornal diário, que é tipo um canal aberto, as castas mais altas possuem assinaturas), telefones fixos (mas ligações são muito caras), celulares (América entende que é um telefone, mas onde está o fio!?), computador (o que América realmente não consegue entender o que é), alarme no palácio, entre outras coisas que não estou conseguindo me lembrar agora. Uma coisa que justifica eu pensar que a tecnologia deles ficou um pouco retrograda, é porque no Palácio tem janelas de ferro para poder proteger quem está dentro durante os ataques, mas essa janela de ferro tem que ser descida manualmente. E Maxon cita que para consertar o alarme do Palácio não é tão fácil, o me faz crer que não deve ter tanto material e nem mão de obra especializada;

– As comidas que estamos acostumados, só as castas mais altas conhecem, por exemplo o nosso tão querido e amado sorvete. América nunca tinha tomado e não conhecia;

– Depois dos EUA obterem uma divida grande com a China e não conseguir pagar devido estar quebrado financeiramente, surge a 3ª Guerra Mundial, onde a China toma os EUA que passa a se chamar Estado Americano da China. Com a aparência do país antigo, porém, onde a China manda e controla todos os passos;

– Com a invasão da China, vários países, principalmente os da Europa (que acredito que tenha sido totalmente destruída posteriormente) se juntam e fazem uma aliança;

– Após 5 anos dessa união, o EAC queriam combater a China, mas tiveram que enfrentar outra invasão primeiro, a da Rússia. Com o fracasso da Rússia e o enfraquecimento do poder da China sobre o EAC, eles tiveram a oportunidade de contra-atacar com o apoio de toda a América do Norte. Esse combate foi comandado por Gregory Illéa. O que seria a 4º Guerra Mundial;

– Com as alianças firmadas, eles formam uma frente unida comandada por Gregory. Com o nome dos EUA arruinado, eles não quiseram reaproveitar esse nome, nascendo assim uma nova nação chamada Illéa, em homenagem ao seu “salvador”. Isso pra mim explicaria quando eles falam a nossa “metade do mundo”, acredito que tudo que não seja Illéa e a China foi destruído durante a guerra.

– Pra mim fica parecendo que eles fazem de tudo para esconder a história do país para as castas inferiores, já que em uma aula nem Merlee (Quatro) e nem América (Cinco), não sabiam nada sobre como aquele mundo em que elas viviam se formou. Quase não existem livros, e aquele do pai de América que aparece, é bem surrado, com bordas queimadas e várias páginas arrancadas. Quando o pai de América vê que ela está com esse livro, diz que ela pode até ler, mas precisa guardar segredo sobre o que estiver escrito. É onde América lê sobre o Halloween e outros feriados.

Algumas da leis…

Existem leis básicas a serem seguidas no país, uma espécie de Código Civil que regula a vida pública a privada da população.

Toque de recolher: é proibido sair de casa depois das dez horas da noite. A punição pelo não cumprimento pode ser a prisão ou morte;

Sexo antes de casamento: Em Illéa são expressamente proibidas relações sexuais fora do matrimônio. É um jeito eficaz de conter doenças e ajuda a manter intacto o sistema de castas. Caso engravide, você será preso e seu filho automaticamente um Oito;

Roubo: Como só as castas mais altas tem acesso a métodos contraceptivos, as castas inferiores sofrem com números altos de filhos, e é difícil ter dinheiro para alimentar toda a família. Quando alguém recorre ao roubo, são punidos severamente. Adultos são submetidos a julgamentos, sendo rapidamente jogados na prisão ou condenados à morte, dependendo do valor do item roubado. Crianças são espancadas e açoitadas. Como aconteceu com o irmão de Aspen.

Só mais uma informação…

Essa trilogia maravilhosa iria ganhar uma versão para televisão em formato de série, mas para nossa decepção não rolou.  Porém, se fosse pra ser igual o trailer abaixo, com o Maxon babaca e uma América que não é ruiva, acho que não teria sido legal para nós que somos fãs dos livros, se liga só:

Os direitos da trilogia de livros foram comprados pela The CW em 2012. A história se tornaria uma série, onde Aimee Teegarden foi escalada como a protagonista América, assim como Ethan Peck como Maxon e William Moseley como Aspen. Mais tarde o piloto da série foi rejeitado.

Logo em seguida, a CW ordenou a gravação de outro piloto, com um elenco completamente novo e um roteiro muito mais adulto. Ele não seria muito fiel à série de livros, tendo até conteúdo +18 em seu enredo. Mesmo com essa nova aposta, o piloto foi rejeitado novamente. Os direitos da série retornaram para a autora Kiera Cass.

Será que alguém mais vai arriscar e fazer um roteiro para nós!? Fico na esperança!!

Livros da Série

A Seleção

A Elite

A Escolha

Espero que tenham gostado,

Até a próxima!

Andressa.

[RESENHA] A ESCOLHA – KIERA CASS

Ei Pessoas,

Tudo certo com vocês!?

Bora finalizar A Seleção? Hoje temos a resenha do terceiro livro, mas o próximo post na categoria livros vai ser de algumas coisas que eu entendi desse universo maravilhoso!

seleção 3

SINOPSE

America era a candidata mais improvável da Seleção: se inscreveu por insistência da mãe e aceitou participar da competição só para se afastar de Aspen, um garoto que partira seu coração. Ao conhecer melhor o príncipe, porém, surgiu uma amizade que logo se transformou em algo mais… No entanto, toda vez que Maxon parecia estar certo de que escolheria America, algum obstáculo fazia os dois se afastarem.
Um desses obstáculos era Aspen, que passou a ocupar o posto de guarda no palácio e estava decidido a reconquistar a namorada. Em encontros proibidos, ele a reconfortava em meio àquele mundo de luxos e rivalidades. Com essas idas e vindas, America perdeu um pouco de espaço no coração do príncipe, lugar que foi prontamente ocupado por outra concorrente. Para completar, o rei odiava America e a considerava a pior opção para o filho. Assim, tentava sabotar a relação dos dois, inventando mentiras e colocando a garota em prova a todo instante.
Agora, para conseguir o que deseja, America precisa cortar os laços com Aspen, conquistar o povo de Illéa e conseguir novos aliados políticos. Mas tudo pode sair do controle quando ela começa a questionar o sistema de castas e a estratégia usada para lidar com os ataques rebeldes.

O QUE EU ACHEI!?

O que falar desse livro!? Se não que é o melhor de todos!

Depois de tantas dúvidas, America agora tem certeza de que quer ficar com Maxon. Só que depois de tantos conflitos e um pouco de resistência da parte dela, America precisa reconquista-lo.

Acontecem tantas coisas nesse livro, e logo no começo temos um back muito grande, uma perda imensa para America. E eu senti essa tristeza junto com ela. As perdas não param por ai, e mesmo já tendo lido o livro uma vez, fui pega de surpresa novamente.

Uma amizade impensável surge, e Celeste passa a ser um dos meus personagens favoritos e que eu torci muito pela felicidade dela. Pensei até que poderia ser uma par perfeito para o irmão mais velho de America, quem sabe ela não conseguiria mudar ele também!?

O Rei continua no pé da America, e em uma cerimonia que faz parte da seleção, quer que ela condene um homem a morte só porque ele roubou para alimentar a família. O rei acha que aquele é o teste master, e que dessa vez ela não vai conseguir contornar a situação, vai ter que fazer o que ele quer. Mas conhecendo America como a gente conhece, nos sabemos que isso não irá acontecer, né!?

Um dos momentos mais tensos para mim, é quando Maxon descobre sobre Aspen. Como vocês acham que ele vai lidar com essa situação!?

Queria que esse livro tivesse o dobro do tamanho, queria que tivesse sido em um ritmo mais lento, só pra poder ter “participado” um pouco mais daquele universo. Esse com certeza é uma das minhas séries favoritas, e que vou sempre querer reler. A gente sempre descobre mais quando faz isso.

BOOK TRAILER

 

OUTROS LIVROS DA SÉRIE

A Seleção

A Elite

Espero que vocês tenham gostado,

Até o próximo post!

Andressa.